• Redação Belterra

Belterra participa de websérie promovida pela Mahta.Bio sobre Sistema Regenerativo da Floresta

Combinar a regeneração da floresta com produção de alimentos e geração de renda, não é só o cenário ideal, mas o grande objetivo da Belterra.




Valmir Ortega, CEO da Belterra, participou nesta quinta-feira (23) da live promovida pela Mahta.Bio sobre "Relação entre consumo e impacto social". A live, conduzida por Max Petrucci e Edgar Calfat, faz parte da websérie Sistema Regenerativo da Floresta, disponível no canal do YouTube da Mahta.Bio, que trabalha com superalimentos regenerativos do bioma amazônico.


Durante o encontro, foram abordadas questões como infraestrutura amazônica de produção de alimentos, impactos da monocultura de grãos e pecuária industrial e papel dos sistemas agroflorestais como fornecedores de ingredientes para a indústria de alimentos.


Ortega descreveu o método utilizado pela Belterra para se posicionar neste mercado: conciliar o processo de sucessão ecológica, que regenera a floresta, com uma ótica produtiva, orientada para a produção de alimentos e geração de renda. Esta estratégia implica associar espécies que colaboram entre si e otimizam o potencial do arranjo.


A Belterra trabalha hoje com mais de 30 espécies agroflorestais que podem ser combinadas, e outras 30 espécies estão sendo estudadas para se integrarem aos arranjos da forma mais otimizada possível. A diversidade de espécies também amplia a rede de produtores e mercados consumidores. Ao construir seus ecossistemas de atuação, a Belterra busca estabelecer conexões que expandam a regeneração e a agrofloresta, operando de forma cada vez mais integrada.


#belterra #florestasprodutivas #florestaviva #amazoniaviva #producaodealimentos #superalimentos