• Redação Belterra

Visita técnica à fazenda-laboratório da Belterra



Na última terça-feira (26) recebemos a visita de equipes da Conservação Internacional, The Nature Conservancy, World Resources Institute - WRI, Vale e Fundo Vale. Essas organizações, de atuação nacional e internacional, promovem a proteção do meio ambiente, o desenvolvimento de iniciativas sustentáveis e o combate às mudanças climáticas.


Com um caráter mais técnico, devido ao perfil das equipes, este encontro contou com a apresentação de espaços como o viveiro e o jardim clonal, que funcionam como banco genético da fazenda-laboratório, permitindo a manutenção e propagação de cultivares que se destacam por sua qualidade, resistência ou produtividade. O circuito abrangeu ainda as glebas onde estão estabelecidos nossos Sistemas Agroflorestais, os quais impulsionam a recuperação de áreas degradadas.


Durante a visita, as abelhas sem ferrão roubaram a cena. Instaladas no meliponário da Fazenda São Francisco, as meliponas fazem parte do projeto Beeterra, que visa desenvolver novas alternativas de renda baseadas na cadeia produtiva do mel e fundamentadas em ecossistemas equilibrados.